© 2019 - Ciclo Inteligência em E-commerce.
All rights reserved.

BLOG

E-commerce no mercado de luxo

Flávio Beraldo

Por Flávio Beraldo

8 de março de 2017

Há dois mercados em expansão no país, o mercado de luxo e o próprio mercado de e-commerce. Una os dois e verá que há tudo para dar certo, certo? Nem sempre. O e-commerce no mercado de luxo ainda encontra dificuldades para decolar em comparação a outros mercados mais consolidados.

Não é de se estranhar. Se fizer um comparativo com outros mercados, como Estados Unidos, o e-commerce no Brasil ainda tem muito que crescer. E com isso, o mercado de luxo ainda procura ter o mesmo sucesso que obtém em seus espaços físicos.

Dificuldades no ambiente online

Proporcionar a mesma experiência que o cliente tem ao entrar em uma loja, talvez seja o principal desafio a ser superado.

Em suas lojas, as marcas possuem vendedores, consultores prontamente para atender aos consumidores, dando orientações e dicas personalizadas que ajudam o cliente a enxergar esse valor de serviço.

O ambiente é todo moldado para trazer o que há de mais sofisticado e agradável ao olhar dos clientes, sendo assim, como realizar uma cópia de tudo isso para o e-commerce?

O e-commerce como extensão da marca

Da mesma forma que a experiência na loja física é preservada, o mesmo deve ocorrer no e-commerce de luxo. Os clientes, claro que procuram um produto de excelente qualidade e do mais alto padrão, e assim, a experiência da compra deve acompanhar.

Existem alguns pontos que o e-commerce não pode falhar, para que assim, consiga conquistar seus consumidores.

  • Ambiente seguro
  • Fácil navegação
  • Layout moderno e intuitivo
  • Logística impecável
  • Diferenciação dos concorrentes

Todos esses pontos que citamos já é mais que comum termos em qualquer e-commerce, entretanto, ele fica cada vez mais crítico ao chegarmos em público mais exigentes e que precisam superar suas expectativas.

Marketing e glamour no e-commerce de luxo

Ter seu e-commerce com tecnologias avançadas, produtos e logística impecável são requisitos mínimos para atender a este público seleto. Nesse momento, pensar na comunicação e expor seus produtos, sua marca deve ser pensado de forma estratégica e com total assertividade para que os recursos sejam bem investidos e você consiga atingir o seu público de forma certeira.

Marketing de conteúdo

As marcas cada vez mais apostam no marketing de conteúdo para educar e fidelizar seus clientes, seja através de um blog, vídeos, redes sociais e outros canais que seus consumidores estão presentes.

A presença de influenciadores se faz muito forte neste mercado. É mais do que comum vermos artistas divulgando marcas de luxo, expondo e utilizando os produtos. Mas não somente artistas de novela, hoje os youtubers exercem grande influência, justamente pela audiência que possui em seus canais.

Identificar sua persona e aqueles que estão em conformidade com a marca, pode dar uma alavancada e expandir a marca para públicos ainda não alcançados.

Campanhas bem segmentadas

As redes sociais podem ser um forte aliado para trazer tráfego e potenciais clientes para o e-commerce. Entretanto, realizar uma boa segmentação das campanhas, conhecendo a persona, seus interesses e características, fará com que atinja o público correto e os investimentos sejam melhor utilizados.

É fundamental conhecer os canais que o seu público se encontra. Pode ser Instagram, Facebook, Snapchat ou até mesmo Youtube. Mapear os potenciais canais permitirá planejar melhor suas campanhas.

Relacionamento com a marca

No mercado de luxo, a personalização, a atenção ao consumidor, aos detalhes, é imprescindível para se manter vivo no mercado. A exigência é enorme e qualquer deslize pode custar caro para a marca.

Muitas empresas no mercado de luxo propiciam momentos únicos aos seus clientes. Seja através de participar de um grupo exclusivo, recebimento de ofertas exclusivas, eventos particulares ou qualquer outra forma de relacionamento que gere exclusividade e importância de ser cliente daquela marca.

Preocupe-se com a experiência de compra

As lojas virtuais aos poucos vão se modernizando e trazendo cada vez mais tecnologias que facilitem a compra do consumidor e lhe proporcione uma experiência única. Vemos isso com checkouts cada vez mais ágeis e layouts personalizados de acordo com a visita de cada cliente.

Plataformas integradas a toda estratégia de marketing dão apoio para que o time de marketing se comunique de forma one-to-one com os consumidores e as áreas se conversem para ganhar maior agilidade em todo o processo.

Toda a parte tecnológica vem avançando para ajudar neste processo, entretanto, o lado humano ainda continua e deve sempre evoluir constantemente. Surpreender, ter uma entrega eficiente, fugir do comum e dar atenção ao cliente ainda são requisitos que o e-commerce deve melhorar para que assim possa estar em conformidade com a experiência que o cliente possui no ambiente offline.

Gostou desse conteúdo ou ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário