© 2019 - Ciclo Inteligência em E-commerce.
All rights reserved.

BLOG

Por que investir em Facebook Ads?

Flávio Beraldo

Por Flávio Beraldo

7 de fevereiro de 2017

A utilização do Facebook é uma realidade dentro das empresas, grande parte utiliza esta ferramenta para se comunicar com o seu público, divulgar produtos e serviços.

De fato é uma das mídias digitais mais importantes na atualidade e não podemos descartar o fato de que algumas empresas geram um maior número de negócios via Facebook Ads.

Veremos a seguir os detalhes de como a plataforma de anúncios funciona e como você pode utilizar e até mesmo melhorar o desempenho de suas campanhas através do Facebook Ads.

O que é o Facebook Ads?

O Facebook Ads é um sistema de mídia paga, onde o anunciante tem a possibilidade de alcançar o seu público de forma segmentada e precisa, além do grande alcance que esta mídia proporciona.

O Facebook Ads é uma das mídias mais utilizadas atualmente, devido ao seu poder de alcance, variedade de formatos para se anunciar e acompanhamento preciso de conversões.

Formatos de Anúncio e Experiência do usuário

Quando trabalhamos uma mídia digital, como o Facebook Ads, devemos ter em mente que o sucesso de uma campanha é resultado de um conjunto de ações e boas práticas.

Assim como a própria Google, o Facebook também foca em oferecer uma experiência marcante para o usuário final, portanto os anúncios devem possuir qualidade e prover engajamento com o público, seja através de likes, compartilhamentos e comentários.

Os principais formatos do Facebook Ads:

Feed de Notícias

Este formato de anúncio é exibido diretamente na timeline do usuário, como se fosse um post de um amigo em sua rede, portanto tem um grande impacto quando medimos a quantidade de impressões (Visualizações).

Coluna Direita

Este formato de anúncio é exibido na lateral direita. Devido ao espaço, possui um tamanho menor, mas também possibilita altas taxas de visualizações e cliques.

Anúncios para Mobile

Quanto maior o crescimento de vendas de dispositivos móveis e a utilização por parte dos consumidores, maior será a necessidade de adaptar-se a ele.

Portanto, o Facebook Ads também disponibiliza um formato de anúncios para dispositivos móveis.

Instagram Ads

Para aumentar o alcance do público desejado, o Facebook Ads trabalha de forma integrada com o Instagram. Então no momento da criação da campanha, você poderá selecionar em utilizar esta mídia de forma integrada.

Definindo metas e objetivos

Em um projeto de marketing digital onde envolva o Facebook Ads como canal para atração e geração de novos negócios, necessitamos definir metas e objetivos do canal.

É neste ponto que algumas empresas costumam errar em sua estratégia e acabam entendendo que o canal “não serve para o seu negócio”. Antes de mais nada, vamos analisar algumas situações distintas.

Modelo de negócio B2C

Se você atua em um modelo de negócio onde o ticket do produto é baixo e as vendas são totalmente direcionadas ao consumidor final, você poderá obter grande volume de conversões em vendas através deste canal.

Mas tenha em mente que tudo é um processo, o Facebook não é um espaço de venda, portanto os anúncios servem para atrair o usuário até uma página de produto, conteúdo e promoção, neste exemplo é claro.

Modelo de negócio B2B

Quando algumas empresas percebem este grande volume de interações em páginas de empresas que atuam no modelo B2C, através do Facebook Ads, sem experiência na utilização do canal, tentam realizar o mesmo processo dentro da rede.

Pode parecer estranho, mas acredite, existem empresas que comercializam soluções complexas com um processo de compra longo e acabam errando ao não avaliarem que a forma que deverá ser trabalhado o canal é completamente diferente de empresas do formato B2C.

Se você atua em um mercado onde foca em soluções para empresas e possui as características que comentei acima, o mais indicado é utilizar o Facebook Ads como um canal para impulsionar sua marca, gerar engajamento e conversões de leads através de um bom conteúdo.

Anunciar soluções para empresas de forma direta não gera um bom retorno, então avalie bem sua estratégia antes de investir e executar uma campanha dentro da rede.

OBS: Um fator determinante que sempre mencionamos é saber qual canal priorizar, ou seja, gera um bom retorno com maior velocidade.

Falamos um pouco sobre este assunto em nosso conteúdo sobre Facebook Ads VS Google Ads, clique aqui para saber mais.

Compra de anúncios no Facebook Ads

Abaixo falaremos um pouco dos formatos utilizados pelo Facebook Ads para cobrança de anúncios.

CPA – Custo por Aquisição

Neste formato você será cobrado pela conversão em suas campanhas. Digamos que você obtenha 1000 conversões, você poderá ir acompanhando diariamente os valores em seu painel de anúncios de quanto está custando cada conversão.

Quanto mais preciso for a sua segmentação, maior será este custo, por exemplo:

Visitas Obtidas = 15.000

Conversões = 1000

CPA = R$ 4,50

O cálculo de investimento ficará da seguinte forma:

CPA = R$ 4,50 X 1000 Conversões = R$ 4.500,00

Este é o custo total pelas conversões que você obteve, portanto é importante acompanhar de perto as métricas de suas campanhas, pois desta forma você poderá checar a viabilidade em utiliza este formado.

CPC – Custo por Clique

Um dos formatos mais utilizados em campanhas de marketing digital. Este formato você poderá realizar suas campanhas com base em interações, ou seja, você deverá pagar um valor médio pela quantidade de cliques que obter.

O cálculo de investimento ficará da seguinte forma:

Investimento = R$ 4.500,00

Cliques = 6000

CPC = R$ 4.500,00 / 6000 = R$ 0,75

CPM – Custo por Mil

Neste formato você poderá trabalhar o seu investimento em anúncios através da quantidade de impressões (Visualizações) feitas para o público-alvo, excelente ação para campanhas que tem como objetivo gerar engajamento e exposição de marca.

O cálculo de investimento ficará da seguinte forma:

Custo total da campanha / (total de impressões /1.000).

R$ 4.500,00 / ( 3000 / 1000 ) = R$ 1.500,00

É de extrema importância avaliar o formado que se deseja trabalhar, verificando potencial de crescimento, investimento necessário e sempre acompanhar o CAC – Custo de Aquisição de cada cliente caso esteja trabalhando um campanha para captação de novos clientes.

Espero que este conteúdo tenha te ajudado de alguma forma, deixe seu comentário ou sugestões no formulário abaixo.

Um grande abraço.