© 2019 - Ciclo Inteligência em E-commerce.
All rights reserved.

BLOG

Qual canal de venda utilizar para meu e-commerce?

Flávio Beraldo

Por Flávio Beraldo

24 de janeiro de 2017

Gerenciar um e-commerce não é das tarefas mais fáceis. Lidar com fornecedores, produtos, atendimento ao cliente e expandir suas vendas estão na lista dessas atividades diárias. Sendo assim, muitos buscam alternativas de expandir o canal de venda, assim como dar o melhor suporte ao cliente na compra e pós venda.

Para que se atinjam os melhores resultados, é preciso pensar de forma sistêmica, entender que toda a estratégia das vendas do e-commerce estarão interligadas para que possa atingir o público, trazê-lo para loja ou página de produto e efetuar a compra.

Por isso, é comum no planejamento de marketing, entender as necessidades e deficiências que a loja possui e seu poder de alcance para que assim, possa focar esforços direcionados a trazer o melhor resultado nos diversos canais de venda.

Canais de venda no e-commerce

Vamos abordar alguns canais que o e-commerce pode extrair vendas e atingir o público conforme o perfil de cliente.

Marketplace

O marketplace é como um shopping, onde lojas se hospedam e recebem seu fluxo de visitantes. Lá você irá encontrar outros concorrentes do seu produto. Os pontos positivos estão em possuir um tráfego de visitas relativamente alto, além de ter o custo por uma porcentagem da venda que varia de plataforma para plataforma.

Nesse canal é preciso se diferenciar ainda mais dos concorrentes. Procure ter uma foto do produto com boa qualidade, especificações detalhadas sobre o produto, um preço competitivo, algo que de confiança para o comprador.

Em uma pesquisa realizada pelo SEBRAE, foram levantados os marketplaces mais utilizados. Você pode conferir aqueles que possuem melhores condições para que você exponha seus produtos.

Comparadores de preço

Outro canal de venda são os comparadores de preço. Neste canal, você concorre com outras lojas, onde o cliente compara o preço do produto e muitas vezes decidem pelo menor preço. Entretanto, esse não é o único fator de decisão. Nesses canais, há avaliação de usuários que dão notas para as empresas, conforme for atendido.

Neste caso, ter um bom produto, entregar dentro do prazo e ter um bom suporte, faz a diferença para ser bem visto perante aos outros clientes que acessam este canal e procuram pelo seu produto.

Redes Sociais

As redes sociais tem enorme influência de venda, seja ela direta ou indireta. É nesse canal que o público se relaciona, expõem suas opiniões, reclamações e buscam sugestões de compra. É importante monitorar, estar atento a atender as expectativas e expor seu produto e conteúdos relacionados que estejam de acordo com o que buscam.

Cerca de *62 % dos compradores online buscam indicações nas Redes Sociais e sites de Buscas antes de comprar algum produto. Sendo que 83% dos usuários que procuram informações confiam na opinião dos outros consumidores. Fique atento.

Recuperador de carrinho

Nem todo cliente que coloca o produto no carrinho, conclui a compra. Os motivos são dos mais variados, desde taxas elevadas de frete, desconfiança no momento da compra ou até mesmo processo longo no fechamento do pedido.

Para que não se perca todas essas vendas, é interessante trabalhar com ferramentas de retenção de buscam recuperar parte desses valores. Uma ferramenta que pode ajudar nesta etapa é da Ve Interactive. Você pode conhecer um pouco mais, clicando neste link.

Email marketing

O email marketing é um poderoso canal de venda para o seu e-commerce. Através de segmentações que buscam distinguir perfil e interesses dos clientes é possível oferecer produtos de acordo com seu desejo de compra.

Isso faz com que aumente as taxas de abertura, leitura e clique no email disparado. Há ferramentas de automação que ajudam neste processo e tornam essa etapa menos complicada.

Mecanismos de busca

Dos mais conhecidos e utilizados por gestores de e-commerce, outro canal a ser utilizado para conseguir mais vendas são os buscadores, como Google, Yahoo, Bing e outros. Sendo exploradas ações com mídia paga e ações orgânicas que buscam posicionar o e-commerce nas primeiras posições de busca.

Integração dos canais

Conseguir unir os canais em suas estratégias fará com que os resultados possam ser potencializados e o seu e-commerce conseguir mais vendas. Além do próprio e-commerce, procure utilizar esses outros canais que possam dar maior escala de vendas.

Entretanto, é fundamental ter um bom planejamento e acompanhamento das ações para que tudo dê certo e o cliente possa sair satisfeito pela compra.

Gostou desse conteúdo ou ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário